Atas das Reuniões Ordinárias

por Anderson Elias Cezario publicado 10/06/2022 09h45, última modificação 10/06/2022 10h58
De maneira mais técnica, a ata se configura como uma modalidade textual da linguagem escrita, utilizada principalmente no contexto profissional, para manter o registro de decisões e argumentos que foram previamente apresentados durante as reuniões. Desse modo, a ata de reunião é importante para se ter um registro escrito do que foi discutido, servindo como uma espécie de arquivo, que poderá ser consultado sempre que necessário, além de ser uma garantia de que o assunto abordado não será esquecido. Se a utilidade da ata for de uso exclusivamente interno, as assinaturas das pessoas que estiveram presentes podem ser substituídas por simples disparos por e-mail com o que foi registrado na reunião. Nesse caso, basta enviar a ata para todos e pedir que respondam dentro de um prazo determinado, caso haja discordância. Se isso acontecer, é necessário voltar aos pontos em aberto até que haja um consenso entre os participantes. A importância da ata de reunião se define também como uma aliada para a organização e a cobrança de resultados. Na maior parte das reuniões ou assembleias, as decisões são tomadas e a partir delas surgem ações necessárias. Quanto maior for o grupo envolvido, maior é a necessidade de controle sobre o que foi planejado e discutido. Nessa circunstância, a ata é um grande facilitador, pois registra todas as deliberações, os compromissos e seus executores. A ata também pode servir como documento legal. Neste caso, é importante redigi-la com mais rigidez e formalidade, lembrando que, se houver necessidade, ela poderá ser usada em algum caso judicial. Portanto, é preciso colher todas as assinaturas dos presentes, pois elas são fundamentais para a validade da ata como um documento formal.
 Título   Autor   Tipo   Modificado 
Atas 2022 Anderson Elias Cezario Pasta 27/09/2022 09h32

Ações do documento